InícioPortalBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe
 

 Sala de DCAT

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 172
Data de inscrição : 03/09/2013

Sala de DCAT Empty
MensagemAssunto: Sala de DCAT   Sala de DCAT I_icon_minitimeSex Set 06, 2013 9:53 pm


Sala de DCAT


Instituto Durmstrang ∴ Salas de Aula
 

Uma enorme sala com algumas janelas em formato esférico e um teto pontiagudo, que outrora trazia dependurado um esqueleto de animal jurássico, mas hoje não mais. Feita praticamente para abrigar aulas práticas, a sala tem apenas algumas carteiras em um canto onde os professores costumam usar pouco como auxilio o didático o quadro, ficando a critério dos alunos anotarem em blocos de papel discretamente. As paredes são todas em pedra cinza e enfeitiçadas para absorver todo tipo de feitiço para que não haja ricochete e o chão era todo em pedra negra para evitar os reflexos de luzes do local ou dos feitiços lançados ali. Em extremidades opostas encontram-se protegidos por um campo invisível armários com livros teóricos sobre a matéria, alguns ao serem abertos mostram cenas reais de duelos e outros dois, com poções de antídoto para feitiços intencionais ou azarações mais graves.


Voltar ao Topo Ir em baixo
http://durmstrang.ace.st
Thomas Catena
Catedráticos Institucionais
Thomas Catena

Mensagens : 6
Data de inscrição : 05/09/2013
Idade : 47
Localização : Barcelona, Espanha

Sala de DCAT Empty
MensagemAssunto: Re: Sala de DCAT   Sala de DCAT I_icon_minitimeSab Set 21, 2013 9:42 pm

Quando os alunos já estavam em suas camas e os únicos ouvidos presentes nos corredores eram os das paredes eu iniciava meu trabalho com maior segurança. Dentro de meus aposentos me concentrava em algum tipo de dialeto grego antigo, onde algumas letras obtinham sons e sentidos completamente contrários ao convencional. Naquela época surgiram grandes pensadores que com o advento de tamanho conhecimento deram seus primeiros passos na prática da magia. Talvez mais importante do que o questionamento sobre tantas divindades que provinham de fenômenos da natureza, ninguém havia parado para pensar em como a magia surgiu em nosso meio. Era um estudo minucioso que eu estava me empenhando a praticar desde que assumi meu cargo como professor. Minha miopia parecia ter se agravado em dobro após tantas horas analisando escrituras quase perdidas.

"Gabriel iria gostar de ler isto, mas ultimamente ele anda meio estranho..."

Depois de um gole em minha xícara de café olhei o relógio na parede faltando pouco para a meia-noite. Meu irmão recentemente havia assumido um cargo de renome e com tantas responsabilidades em suas costas nosso contato havia se distanciado. Enfim, tinha a intenção de visita-lo na próxima semana para compartilhar destas novas descobertas. Poderiam ser muito úteis para o Ministério e mais do que isto; para o mundo bruxo em si.

Seria uma noite e fim de semana longos pela frente regados a muita dor de cabeça, mas a recompensa era certa. Eu estava perto de desvendar o enigma e juntando algumas peças eu saberia como colocar em prática. Não poderia parar agora.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Thomas Catena
Catedráticos Institucionais
Thomas Catena

Mensagens : 6
Data de inscrição : 05/09/2013
Idade : 47
Localização : Barcelona, Espanha

Sala de DCAT Empty
MensagemAssunto: Re: Sala de DCAT   Sala de DCAT I_icon_minitimeDom Set 22, 2013 3:08 am

Pelo tempo que havia previsto havia terminado mais cedo do que o esperado. Vislumbrado pelas revelações adquiridas, eu estava extasiado demais para conseguir dormir mesmo que as olheiras fossem bem aparentes no contorno de meus olhos. Precisava compartilhar isso e rápido! Infelizmente naquela altura da madrugada tudo que eu poderia fazer era mandar uma coruja para alguém, mas no segundo seguinte reparei que a ideia era bastante imatura. Informações tão preciosas deveriam ser emitidas cara-a-cara.

Levantei de minha mesa dando uma espreguiçada que fizeram meus ossos estalarem causando uma ligeira e agradável dor em meus ombros e na região lombar. Decidi ir para a cama contra minha vontade, amanhã tiraria uma merecida folga e reporia as energias. Apaguei as luzes e me dirigi até meus aposentos deixando a mesa desorganizada como todo o restante da sala.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Viktor Iranovichk
Feiticeiros Distintos
Viktor Iranovichk

Mensagens : 6
Data de inscrição : 06/09/2013
Idade : 50
Localização : Estocolmo - Suécia

Sala de DCAT Empty
MensagemAssunto: Re: Sala de DCAT   Sala de DCAT I_icon_minitimeDom Set 22, 2013 4:14 am


        Poderia por horas ficar desta forma, embora os feitiços fortes de defesa incomodassem-o às costas. Já passara do tempo em que ele poderia suportar as dores e torturas de uma ação. Horas, dias, sem comer e calculando o momento de agir.
      Daquela vez não era diferente. Na forma de um espelho preso na parede dos aposentos do professor de DCAT, um velho conhecido pelo qual compartilhou aventuras por todo mundo bruxo em busca de poder. Um velho conhecido pelo qual aprendera truques mais intensos de que qualquer um duvidaria. O filho de uma das mulheres das quais mais respeitava em toda sua vida.
       Era o momento de fazer uma visita, mas sua aparição em Durmstrang não seria nada conveniente. Sabia que provavelmente o diretor conhecia de sua invasão, mas de certo, este mesmo teria tantos problemas pra sanar do que a simples visita de um rapaz.
      Sob a forma do objeto, Viktor esperou, superando o desconforto nas costas que correspondia a parte de trás do objeto, em contato com a parede que fulgava feitiços de proteção. Feitiços de proteção que dificultavam a concentração do homem de meia idade, travestido sobre o adereço. Mas ele veio, Thomas chegou, mas como um bom professor, mestre das artes, atacaria sem perguntar caso fizesse um movimento, por isso Iranovichk resolveu esperar. E esperou. Esperou o momento em que ele estava mais vulnerável.
       Deitado na cama, ele não poderia imaginar que o espelho falso começaria a se quebrar e o barulho do vidro quebrando ao chão quebrou o silêncio do âmbito. Em poucos segundos Iranovichk estava em forma humana, pisando onde deveriam estar os cacos inexistentes. A varinha empunhada remexeu ao movimento do pulso, iluminando o ambiente instantâneamente, logo apontada na direção do corpo do rapaz deitado, foi aí que a voz grossa preencheu os tímpanos de Thomas, que já teria acordado com o barulho da transformação. – Não deveria estar um passo atrás de minha pessoa, caro amigo. – Entoou, esperando algum movimento ofensivo para azará-lo. Mas sabia, talvez, que não seria o caso. – Senti sua falta. Resolvi fazer-lhe uma visita. – Completou, com o sorriso sínico, mas verdadeiro, esmerado na face mais envelhecida desde o último encontro.



______


Viktor Iranovichk, the changer
Voltar ao Topo Ir em baixo
Thomas Catena
Catedráticos Institucionais
Thomas Catena

Mensagens : 6
Data de inscrição : 05/09/2013
Idade : 47
Localização : Barcelona, Espanha

Sala de DCAT Empty
MensagemAssunto: Re: Sala de DCAT   Sala de DCAT I_icon_minitimeDom Set 22, 2013 4:40 am

O funcionamento do corpo humano era fascinante, mas para alguém como eu as coisas pareciam ter vindo com defeito. Não foi muito inteligente de minha parte ter tomado tantas doses de cafeína sendo que nenhum resquício de sono se aproximava de minhas pálpebras durante minha atenta leitura. Vicio este que havia trazido comigo depois de longa convivência junto aos trouxas, entre outros que poderia citar em outra ocasião. Naquele momento um emaranhado de palavras e previsões de acontecimentos pairava dentro de minha cabeça pesada, está que descansava sobre o travesseiro. Os olhos castanhos aos poucos sentiam as areias psicológicas de Morpheu fazerem efeito e a escuridão do quarto se tornava parte do ambiente. Talvez até mesmo em meus sonhos eu continuaria a persistir naquele assunto num diálogo infinito entre eu e eu mesmo.
Dai o despertar venho mais cedo do que meu corpo previu. O barulho fora do normal imediatamente foi identificado por meus ouvidos e a urgente busca pela defesa foi tão rápida que não dava para distinguir se foi minha mão que foi até a varinha ou o oposto. A voz masculina até então desconhecida já estava próxima, mas por alguma razão senti que aquela presença não me traria perigo. Coloquei meus óculos e pude ver a imagem nítida do patriarca dos Iranovichk com aquele sorriso bem conhecido por mim. "Iranovichk, como de costume fazendo entradas estratégicas. Costuma visitar seus filhos desta forma também?" Falei com nítida ironia na voz. Nunca havia conhecido alguém que pudesse rastreá-lo onde quer que fosse, porém o convívio de anos atrás me ajudou a perceber alguns destes traços. Por isto mesmo não quis me defender mesmo me sentindo incomodado enquanto folheava aqueles pergaminhos.
Sorri como a um bom tempo não fazia, amigos eram coisas preciosas. Um aperto de mão e um abraço como era pra ser. "Nem ao menos tive tempo de preparar um café para sua chegada. O que tinha aqui tomei como se fosse água." Demonstrei a jarra vazia pendendo na mesa de madeira, indiquei uma cadeira vaga para ele e assim pudéssemos conversar. "Como vão as coisas? Brincar de esconde-esconde eternamente deve ser entediante." Poderia ser divertido de certa forma.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Viktor Iranovichk
Feiticeiros Distintos
Viktor Iranovichk

Mensagens : 6
Data de inscrição : 06/09/2013
Idade : 50
Localização : Estocolmo - Suécia

Sala de DCAT Empty
MensagemAssunto: Re: Sala de DCAT   Sala de DCAT I_icon_minitimeDom Set 22, 2013 5:05 am


        A iluminação ambiente estava magnifica e o despertar do amigo não foi tão brusco quanto esperava. Recuou a varinha, guardando-a no bolso de melhor alcance dentro da capa já tão envelhecida quanto a idade do homem. Thomas citou as visitas em família, o que era um assunto meio pesado para Viktor, já que o contato com a família não era comum. Nem mesmo com a esposa. – Com certeza Miles e Amber estão mais preparados para meus truques, Catena. – Brincou, quebrando o gelo da ironia do professor juntamente com os fantasmas do afastamento inoportuno para com os entes, acabando por esquecer Isobel, a filha que tinha menos contato.
         Visualizou imediatamente a jarra apontada, um café seria de muito bom grado, mas Viktor já viera preparado para o encontro, aparecendo  em sua mão uma garrafa pequena de Jack Daniel’s, daquelas versões de bolso. Colocou-a sobre a mesa, bem ao lado da jarra e acomodou-se no assento indicado por Thomas. – Não negarei que senti bastante tédio, mas agora estou muito bem, melhor impossível. – Mentiu sem muitas dificuldades de transparecer a verossimilhança. – E como anda? Seu filho deve estar enorme!  - Questionou sobre a vida do rapaz, na espera que ele disponibilizasse os copos. Não estava ali à toa, tinha um assunto a tratar com ele, uma questão que esperava ter resposta, mas ainda não era o momento. Por mais importante que aquilo parecia ser para Viktor, também lhe interessava saber sobre a vida do amigo.
       Os olhos agora passeando pelo cômodo iluminado pela primeira vez desde que chegara, trouxeram-lhe uma lembrança recente de quando lecionou Transfiguração naquele mesmo castelo. Tantas outras coisas aconteceram neste período curto que as memórias pareciam de uma eternidade passada.


______


Viktor Iranovichk, the changer
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Sala de DCAT Empty
MensagemAssunto: Re: Sala de DCAT   Sala de DCAT I_icon_minitime

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Sala de DCAT

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Instituto Durmstrang :: Salas de Aula-